Dor de garganta – O que é, principais causas e tratamentos

A dor de garganta acontece com muita facilidade tanto em adultos quanto em crianças e ocorre quando há a inflamação das amígdalas (amigdalite) ou faringe (faringite), e ainda existem casos que, por conta das duas estarem muito próximas uma da outra, elas inflamam simultaneamente (faringoamigdalite), o que não é raro.

dor de garganta um

Entre os motivos existentes que podem fazer com que a dor ocorra, o mais comum são as infecções, que podem ser causadas tanto por vírus quanto por bactérias, porém, na maioria das vezes são por vírus.

Ela pode ser transmitida para outras pessoas, existem tipos que podem ser transmitidos com mais facilidade e outros com menos.

Tipos

Viral

A dor de garganta, quando tiver origem viral, não oferece tanto risco quanto as bacterianas. Ela pode ser combatida sem o uso de antibióticos, porém, tem uma facilidade bem maior de ser transmitida para indivíduos aleatórios.

dor de garganta dois

dor de garganta tres

Ela é a mais comum, com cerca de 50% dos casos, e normalmente causa resfriados, gripes e mononucleose. Tem como sintomas dores pelo corpo, tosse, espirros e conjuntivite. Normalmente não causa febre e nem pus.

Bacteriana

Quando for causada por uma bactéria, deve ser levada mais a sério. A utilização de antibióticos é primordial, normalmente é causada por Estreptococos do grupo A e atinge cerca de 20% do número total de casos.

dor de garganta quatro

Apresenta sintomas como febre alta e pus que normalmente não estão presentes nas infecções causadas por vírus. Além do aumento de linfonodos na região do pescoço.

Não infecciosa

Representa cerca de 30% dos casos e é causada por hábitos como respirar pela boca ou características da cidade de cada indivíduo como poluição ou ar seco.

Causas

Viral

  • Gripe ou um resfriado:

Causam tosses, espirros e coriza. Além de, na maioria dos casos, a gripe vir acompanhada de febre.

  • Mononucleose:

Transmitida através da saliva principalmente, mas também pode ser transmitida por espirros e tosse. Além da dor de garganta, pode vir acompanhada de febre e é causada por um vírus da mesma família do herpes.

Herpangina.

  • Faringite:

Uma inflamação na faringe e faz com que o indivíduo sinta dificuldade de falar e ingerir alimentos, além de dores pelo corpo. Normalmente é causada por vírus, mas em alguns casos pode ter como agente causador uma bactéria.

Amigdalite (inflamação das amígdalas).

Bacteriana

  • Faringite: que além do sintoma de ter dificuldade de ingerir alimentos e falar, vem acompanhada de pus;
  • Amigdalite: pode vir acompanhada de adenoidite e pus;
  • Faringoamigdalite: inflamação tanto das amígdalas quanto da faringe;
  • Epiglotite: inflamação da epiglote.

Irritações (não infecciosa)

  • Normalmente são causadas por:
  • baixa imunidade;
  • poluição no ar;
  • respiração pela boca.

O que tomar?

Depende muito do tipo de dor de garganta que o indivíduo possui. Se for viral, dura cerca de dois a quatro dias e passa sem o uso de antibiótico.

Muito importante!
É importante não utilizar antibióticos, pois eles só servem para eliminar bactérias, e como vimos no decorrer do texto, elas são causadas por vírus.

dor de garganta cinco

O recomendado é consultar um médico, pois ele saberá se é necessário a utilização de algum anti-inflamatório. Existem alguns métodos caseiros, que são muito utilizados para tratar da dor de garganta apesar de não eliminarem o problema totalmente, servindo apenas como anestesiadores, são eles:

  • mel;
  • gengibre;
  • pastilhas;
  • sucos cítricos.

Caso seja bacteriana, o uso de antibióticos é recomendado, fazendo com que o incomodo passe em até 2 dias. O recomendado é consultar um médico para que ele mostre qual é o melhor antibiótico para o seu caso, normalmente será indicado o uso durante 10 dias.

dor de garganta sete

dor de garganta nove

Caso a dor de garganta venha muito agressiva, o uso de anti-inflamatórios pode ajudar. Alguns dos antibióticos mais recomendados são:

  • amoxicilina;
  • azitromicina.
  • Existem pessoas que utilizam receitas caseiras para diminuir os efeitos da dor de garganta causada por bactérias, são eles:
    gargarejo com água morna misturada com sal;
  • gargarejo com bicarbonato de sódio misturado com vinagre.

Dor de garganta na gravidez

dor de garganta seisA dor de garganta na gravidez deve inicialmente, tentar ser curada naturalmente, ou seja, tomando chás, tomando água morna misturada com sal ou fazendo o uso de pastilhas. Caso não haja melhora, é necessário consultar um médico para que ele dê as recomendações corretas sobre que passos seguir.

A utilização de antibióticos deve ser evitada ao máximo e só deve ocorrer sob prescrição médica pelos riscos que pode causa ao bebê.

Além disso, durante a gravidez, é importante comer alimentos com vitamina C que ajudaram na defesa do seu organismo e assim, diminuirão o risco de dor de garganta.

Dor de garganta em crianças

dor de garganta cincoEm crianças é muito comum ocorrer dor de garganta principalmente nos 5 primeiros anos de vida.

Isso pode ser justificado por estarem na fase de crescimento e seu organismo ainda não ter formado todas as células de defesa.

Atenção!
Isso pode ser percebido pois, na maioria das vezes, a criança deixa de comer a quantidade de alimentos que normalmente come, justamente pelo incomodo na região da garganta.

Em crianças pode vir acompanhada de febre baixa, coriza, tosse e espirros. Na maioria dos casos a dor passa sem que precise utilizar medicamentos, porém quando for necessário, o médico indicará qual é a melhor opção.

Leave a Reply